quinta-feira, 30 de junho de 2011

A Classificação dos Jogos para Piaget

Jogos de Exercício:


Os jogos de exercício, também denominados de jogos sensórios motores, aparecem no primeiro período de desenvolvimento da criança, ou seja, no período de atividade sensório motor. Esse é o primeiro tipo de jogo que aparece no desenvolvimento da criança, mas ele é fundamental, pois é nesse período que a criança começa a explorar o mundo, começa a conhecer seus sentidos, sensações e movimentos. Esse período é acentuado principalmente nos dezoito primeiros meses, apesar de permanecer por toda a vida.

Jogos Simbólicos:


Os jogos simbólicos ocorrem principalmente no período entre dois até os sete anos, é a fase em que a criança começa a representar, a simbolizar alguma atividade da vida real. O principal jogo simbólico é brincar de faz-de-conta, a criança representa que está trabalhando, estudando, cuidando da casa, fazendo compras, sendo o papai/ mamãe etc. o jogo simbólico permite que a criança desenvolva a imaginação, alem de permitir que a criança compreenda o mundo e a realidade. Mas a partir dos sete anos, á medida que a criança vai se adaptando às realidades físicas e sociais, ela vai deixando de se dedicar as transposições simbólicas e começa a se interessar cada vez com mais intensidade pela existência verdadeira, passando a se interessar por outros tipos de jogos.

Jogos de Regras:


Para Piaget os jogos de regra começam a aparecer aos quatro anos de idade e nunca mais desaparece. O autor distingue dois tipos em relação as regras: as transmitidas e as espontâneas. As regras transmitidas se referem aos jogos institucionais que se impõe por influencia das gerações anteriores. Já as regras espontâneas se referem aos jogos de natureza contratual e momentânea.
Piaget afirma que os jogos de regras envolvem combinações sensório-motoras (corridas, lançamento de bolinhas de gude) ou intelectuais (cartas, dama, xadrez, cubo mágico) de competência dos indivíduos e regulados por um código transmitido de geração em geração, ou por acordos improvisados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário